Live das centrais no 1º de maio mobilizou por vida, vacina e emprego