Alguns bons motivos: 

Apesar de não ser obrigatória, a associação é um direito do trabalhador e um verdadeiro exercício de cidadania. Os sindicatos são os legítimos representantes dos trabalhadores junto as empresas, e associar-se, significa participar de ações que valorizam o ofício de cada trabalhador. É lutar para manter direitos já conquistados e para ampliá-los.

Cada um dos avanços alcançados pelos trabalhadores foram fruto de intensa mobilização coletiva. Foi dessa maneira que os sindicatos fizeram história e trouxeram para o mundo do trabalho muitas das principais conquistas que hoje são benefícios dos trabalhadores, como o vale-refeição, o vale-transporte, o 13º salário, a jornada específica e a Participação nos Lucros e Resultados (PLR), entre tantos outros.

Mas, para que um sindicato seja forte e tenha mais poder, é necessário que um número crescente de trabalhadores sejam associados, assumindo também o papel de sustentar e apoiar essa luta. Imagine a seguinte situação: O Sindicato se reuni com uma determinada empresa com um quadro de 100 funcionários por exemplo para negociar um P.L.R. ou qualquer outro tipo de benefício, mas apenas 6 desse total são associados ao Sindicato, com isso as negociações não teriam uma força significativa e o resultado positivo seria bem mais difícil e demorado. Agora se desses 100 funcionários, 90 fossem associados a força e respeito nas negociações seriam bem mais fortes e os resultados mais expressivos e rápidos. A união no sindicato torna a luta coesa e mais fácil. Cada trabalhador é o elo de uma corrente construída fraternalmente, segundo interesses comuns.

Veja abaixo algumas boas razões para se associar:

  • Os sindicatos lutam por condições dignas de trabalho e pela ampliação do mercado de trabalho;
  • Os sindicatos negociam as reivindicações das categorias junto aos empregadores públicos e privados e lutam, na esfera do poder público, pela aprovação de projetos de lei que beneficiem a classe trabalhadora;
  • O trabalhador associado tem direito garantido de assistência jurídica, seja individual ou coletiva, com advogados de direitos trabalhistas e previdenciário;
  • Para implantar qualquer benefício ao trabalhador, tais como PLR, cesta básica e etc..., a empresa privada ou estatal tem, por força da Convenção Coletiva negociada pelos sindicatos, que se submeter às regras instituídas para proteger os direitos dos trabalhadores;
  • O trabalhador associado tem direito a benefícios de diversos tipos, com as quais o seu sindicato tenha convênio;
  • O sindicato negocia duramente para que o trabalhador tenha os melhores reajustes sobre o salário, tíquete e todas as outras cláusulas que envolvam valores monetários; 

Para saber como se associar, procure o sindicato, faça uma visita, teremos o maior prazer em esclarecer qualquer dúvida.

logo-mascote